Introdução

            Sertão e Cidade, dois universos numa interação intensa, diferentes estruturas que dialogam de forma desigual, produzindo perdas nos aspectos culturais das tradições dos povos do sertão, através da valorização e imposição cultural e econômica do meio urbano. Desde o período colonial, que teve a cultura e economia européia como exemplo a ser seguido, se faz possível observar o favorecimento das cidades em detrimento do sertão.
As riquezas do sertão, reconhecidas atualmente, não são usufruídas pelo povo pobre, que tem que subsistir com os mínimos ou mesmo impelidos a migrar para os grandes centros e viver com os mesmos mínimos destes locais; estão sempre à margem da economia tanto do sertão como da cidade.
            Colocaremos aqui, pontos importantes dos “Brasis”, caipira e sertanejo, que se confundem e funde-se em um só na mentalidade contemporânea do homem da metrópole, mas que na realidade tem formação, história e cultura distintas.

O Caipira

                 

 

O Sertanejo

     

Avançar ]